BATE-PRONTO: COM MARCELO MORENO



Marcelo Moreno é graduado em Ciências Contábeis e Especialista em Gestão Tributária pela Fundação Visconde de Cayru/BA e sócio da MMC Consultoria.


1. Todo empresário precisa de um bom Contador ao seu lado, configurando uma relação de extrema confiança. No entanto, confiar “cegamente” a sua empresa a terceiros tem seus riscos. Quais os cuidados que o gestor precisa tomar neste tipo de relação?

Primeiramente, o gestor deve ter um cuidado especial na escolha do contador. É importante saber qual sua formação acadêmica e profissional, visando ter a certeza de que este profissional tem o perfil adequado para gerir as informações contábeis da sua empresa. Feito isso é importante que a empresa mantenha alguns controles. Dentre eles cito o envio periódico das Certidões Negativas; a confecção de balancetes trimestrais (comparar com o resultado gerencial) e o acompanhamento do calendário fiscal.

2. Muitas vezes as atividades de um Contador restringem-se apenas às questões fiscais rotineiras de uma empresa. Como o empresário pode explorar melhor este tipo de prestação de serviços, agregando resultados mais consistentes para o negócio?

Considero importante que o contador esteja presente nas reuniões de avaliação de resultado. É importante que seja feito um comparativo entre o resultado contábil e o resultado gerencial, para que seja tomada a melhor decisão. Outro ponto é a avaliação do enquadramento tributário. Sugiro que o empresário ao final de cada ano solicite ao contador um comparativo entre o enquadramento tributário atual com outros regimes tributários, evitando assim que a empresa esteja pagando impostos demasiadamente.

3. Quais recomendações o Sr. daria para que os empreendedores conduzam melhor os seus negócios?

Antes mesmo do inicio das atividades, sugiro que o empreendedor tenha o auxílio profissional de um contador, de um advogado e de um consultor empresarial. Neste momento serão avaliados os riscos do negócio, o capital necessário e os aspectos jurídicos, contábeis e tributários. Também será implementada a base do negocio, o que possibilitará que a empresa tenha sustentabilidade, economia tributária, controle contábil e um menor nível de contingências jurídicas.


E você, o que acha, Amigo Empreendedor? Qual a sua visão sobre o papel do Contador nas pequenas empresas? Escreva um comentário e deixe aqui a sua percepção sobre este assunto.

Achou interessante? Então compartilhe com seus amigos!

Saulo Maciel

SAULO MACIEL é empreendedor e palpiteiro
profissional. Gosta de pensar que pode
ajudar outros empreendedores a darem o
melhor para obter sucesso nos negócios.


Saiba mais sobre o autor...

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário