BATE-PRONTO: COM DANIEL MAGALHÃES


Daniel Magalhães é advogado especialista nas áreas bancária, cível, comercial e consumerista. É sócio da Bastos Magalhães Advocacia Associada, graduado pela Universidade Estadual de Feira de Santana/BA, Pós-Graduado em Direito Processual Civil pelo Jus Podivm e Pós-Graduando no MBA em Planejamento Tributário pela UNIFACS.


1. O pequeno e médio empresário consegue mitigar todos os riscos organizacionais e ainda assim praticar preços competitivos?

Eu diria que "todos" é uma palavra muito forte. Porém, a grande maioria dos riscos jurídicos de uma organização é previsível. É importante que o empresário saiba que pode contar com a ajuda de um Consultor Jurídico, uma vez que conhecendo a realidade vivenciada pela empresa, este profissional tem, sim, como contribuir para evitar prejuízos, mantendo atrativo o preço de seus produtos.

2. Por que a figura do Consultor Jurídico é essencial para garantir resultados relevantes para uma empresa?

O Consultor Jurídico é um grande aliado do empresário na definição de suas estratégias de mercado. Como conhece bem os impactos jurídicos das principais práticas empresariais, tem como trazer ao gestor valiosas informações que o ajudarão a decidir qual o melhor caminho a se trilhar nos mais diversos momentos da empresa, mitigando riscos e antecipando possíveis problemas.

3. Quais os principais cuidados que o gestor precisa observar na relação de consumo com os seus clientes?

É impressionante como alguns cuidados simples podem fazer a diferença entre o sucesso e as dores de cabeça. Uma das principais preocupações que o empresário deve ter é com o que promete ao seu cliente. Mais de um terço das reclamações registradas por consumidores, por exemplo, estão fundadas em prazos de entrega não cumpridos pelas empresas, que normalmente é obrigada a devolver os valores recebidos e ainda a pagar uma indenização. Por isso, antes de querer encantar o cliente com prazos curtos, é importante rever a dinâmica do seu negócio para saber se realmente há como cumpri-los. Depois, é sempre bom fazer uma pesquisa de satisfação para ver se está no caminho certo.

4. Do ponto de vista jurídico, quais recomendações o Sr. daria para que os empreendedores conduzam melhor os seus negócios?

Faça um raio-x do seu negócio e veja quais são as principais fontes de problemas jurídicos. Depois verifique o que precisa resolver prioritariamente para não atrapalhar o seu crescimento e o que pode ser administrado em segundo plano. Sucesso!


E você, o que acha, Amigo Empreendedor? Deixe aqui um comentário sobre a sua visão a respeito da importância do Consultor Jurídico para as empresas!

Achou interessante? Então compartilhe com seus amigos!

Saulo Maciel

SAULO MACIEL é empreendedor e palpiteiro
profissional. Gosta de pensar que pode
ajudar outros empreendedores a darem o
melhor para obter sucesso nos negócios.


Saiba mais sobre o autor...

2 comentários:

  1. SAULO, DR. SAULO...

    INDEPENDENTE DO ALIZAMENTO DOS BANCOS DO COLÉGIO, FACULDADE E PÓS GRADUAÇÃO, DE TODO CONTEÚDO TEÓRICO EXPLICITADO, VEMOS A VIBRAÇÃO EVIDENTE DO PROFISSIONAL OBSTINADO, COM ARGUMENTAÇÕES OBJETIVAS DA EMPRESAS HOJE, OLHADA DE DENTRO PARA FORA E VICE-VERSA E UMA ANÁLISE PERTINENTE DE ALTA PERSPECTIVA, SUBSIDIADA PELO QUE O MUNDO EMPRESARIAL BUSCA COMO PADRÃO BÁSICO.
    VISLUMBRO EM VOCÊ UM PROFISSIONAL DE ALTO NÍVEL, COM POTENCIAL ESPLENDIDO PREPARADO COMPLETAMENTE PARA O BRASIL EMPRESARIAL DE AMANHÃ. FELIZ DA EMPRESA QUE ESTABELECER SEUS ARGUMENTOS COMO META INCONTESTE! SÓ TERÁ SUCESSO.
    ORGULHO-ME DE TUDO QUE VOCÊ É UM ABRAÇO DO AMIGO.

    ARTÊNIO CHAGAS.

    ResponderExcluir
  2. Grande Chagas!

    Que extraordinária presença. Obrigado de coração por prestigiar meu Blog. É sempre uma satisfação tê-lo por perto. Apareça mais, agora em 2009 estou planejando novidades.

    Um forte abraço,

    Saulo Maciel
    www.saulomaciel.com.br

    ResponderExcluir